Lançamento marca início de diagnóstico visando a preservação do Monumento ao Laçador

O Sinduscon-RS e Associação Sul Riograndense da Construção Civil, em parceria com a Prefeitura de Porto Alegre, lançaram o Projeto Monumento ao Laçador, no dia 9 de novembro na sede do Sindicato durante um seminário, que marcou o início do processo de diagnóstico para o desenvolvimento de ações que visam a preservação do monumento. O tradicionalista Paixão Côrtes, que pousou com traje típico de seu acervo pessoal, para que escultor pelotense Antônio Caringi  esboçasse com lápis a indumentária gaúcha, com intuído de subsidiar a criação do monumento ao Laçador, participou da solenidade de abertura do evento.  A ação conta com o apoio do Ministério Público do Estado e da Associação de Conservadores e Restauradores de Bens Culturais do Rio Grande do Sul (ACOR-RS) e com verba incentivada pelo Governo gaúcho, através do programa Pró Cultura – Lei de Incentivo à Cultura – LIC, contando com o patrocínio da Gerdau e Killing  Nesta primeira fase, será realizado um diagnóstico quanto às condições estruturais da escultura, especialmente quanto à fissuras verificadas na base do monumento. Neste sentido, foram contratados dois dos mais renomados especialistas em restauro de obras com metal: a brasileira Virginia Costa, engenheira metalúrgica e consultora em conservação do patrimônio, responsável pela coordenação de todo o trabalho prospectivo; e o francês Antoine Amarger, restaurador de esculturas metálicas – uma autoridade mundial no assunto.  Segundo a curadora da plataforma Resgate do Patrimônio Histórico do Projeto Construção Cultural, arquiteta Verônica Benedetti, a fim de melhor aproveitar a oportunidade e visando a transmissão do conhecimento dos especialistas, simultaneamente à realização das prospecções técnicas será promovido um ateliê-escola.  As ações do projeto de diagnóstico do monumento acontecerão entre novembro de 2016 e maio de 2017, compreendendo três etapas: avaliação do estado de conservação da obra; realização de testes de ensaio; e proposta de intervenção.

Ateliê-escola  

O Projeto do Monumento ao Laçador contará com um ateliê-escola para qualificação de profissionais atuantes na área de patrimônio (conservadores-restauradores, artistas plásticos, arquitetos). As aulas serão ministradas de 13 a 17 de março. Os participantes acompanharão todos os procedimentos, a fim de atuarem de forma autônoma em futuras intervenções de conservação de obras em metal, suprindo uma carência local.  O conteúdo será desenvolvido em aulas teórico e prática, onde os alunos entrarão em contato com os procedimentos de levantamento cadastral e de danos, identificação de patologias, ensaios laboratoriais e diagnóstico. As inscrições podem ser efetuadas no blog https://www.sinduscon-rs.com.br/construcao-cultural

Projeto Construção Cultural  

O Projeto Construção Cultural, uma iniciativa do Sinduscon-RS, encontra-se na 3ª edição e é composto por três plataformas: Resgate do Patrimônio Histórico, Sindusom Construção Cultural que, além de promover shows gratuitos à sociedade porto-alegrense, incentiva a educação musical  de jovens (Sindusom Júnior) e Vidas em Construção, que  envolve uma série de debates, visando aprimorar e difundir conceitos sobre viver e habitar. São patrocinadores do Projeto Construção Cultural a Braskem, Tintas Killing, Gerdau, Melnick Even e Nex Group.

Leia Também

Deixe seu comentário