Ricardo Sessegolo é reconduzido à presidência do Sinduscon-RS

 

Em decorrência do desaquecimento da economia brasileira o setor da construção civil registrará o fechamento de 500 mil postos de trabalho no país em 2015 e, no Estado, serão perdidos 40 mil empregos. A previsão foi feita pelo presidente do Sinduscon-RS, Ricardo Antunes Sessegolo, ao ser empossado para uma segunda gestão consecutiva, em solenidade realizada no dia 19 de outubro às 20h na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre.

Conforme o dirigente, outro problema diz respeito aos atrasos de pagamentos às empresas que executam obras para o programa Minha Casa, Minha Vida. A inadimplência do governo está gerando um clima de incerteza total, levando centenas de empresas à insolvência, acrescentou.

Em sua manifestação, afirmou que a prioridade para as empresas do setor, nesta conjuntura, é sobreviver, o que exige aumentar a sua competitividade, reduzindo custos e identificando nichos de mercado. “Isto para que possamos ficar vivos enquanto o país não reencontra o rumo da retomada do crescimento, o que só acontecerá com as indispensáveis reformas estruturantes, o que, por sua vez, exige um urgente consenso nacional”.

Na oportunidade, o Sessegolo colocou em segundo plano as questões econômicas e políticas, para convidar os presentes a participar de uma campanha liderada pela Fiergs, com o objetivo de contribuir na reconstrução das moradias atingidas pelas chuvas, que deverão castigar ainda mais o Estado até dezembro.

A nova diretoria foi empossada pelo governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, pelo prefeito de Porto Alegre, José Fortunati e pelo presidente do Sistema Fiergs, Heitor José Muller. O evento foi prestiado igualmente por outras autoridades, dirigentes de entidades empresariais e dos trabalhadores, imprensa e associados do Sindicato.

A solenidade de posse foi encerrada com uma homenagem ao 120º aniversário de fundação do Correio do Povo, representado na ocasião pelo diretor de Redação do veículo, Telmo Ricardo Borges Flor.

 

Registros

“O Sistema Fiergs agradece a parceria do Sinduscon-RS, que ao longo de sua história tem ajudado na manutenção da unidade do associativismo industrial. Somente com esta união poderemos encaminhar o Brasil e o Estado para o futuro que a sociedade merece”. Presidente da Fiergs, Heitor José Muller

“É importante destacar a grande parceria que o Sinduscon-RS tem firmado com nossa cidade, desenvolvendo projetos para trabalhar problemas históricos, através do diálogo franco e aberto, a exemplo do licenciamento de projetos. Ao mesmo tempo, o Sindicato tem apoiado, também, ações culturais e sociais, a citar a restauração de monumentos do Parque Farroupilha e a corrente solidária para ajudar as pessoas atingidas pela recente enchente em todo Estado.” Prefeito de Porto Alegre, José Fortunati

“Não podemos permitir que a crise política e a falta de credibilidade afetem os esforços para a retomada do crescimento no País. Precisamos fortalecer o setor industrial, a exemplo da Construção civil, que muito contribuirá no enfrentamento de problemas sociais como o do déficit habitacional e a alta taxa de desemprego. A situação começa a nos reportar ao nefasto cenário dos anos 83 e 84, quando da extinção do Banco Nacional de Habitação (BNH). Vamos construir o RS com solidariedade, união e vontade.” Governador do RS, José Ivo Sartori

 

Leia Também

Deixe seu comentário