A crise de confiança é o principal entrave da economia

Um cenário nada animador para a indústria da construção civil no Brasil foi apresentado pelo presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, para mais de 100 pessoas, no dia 10 de julho, durante o 4º Meeting da Construção, evento realizado pela Ascon Vinhedos. Para o presidente do Sinduscon-RS, Ricardo Antunes Sessegolo, que liderou uma comitiva da Entidade, a atual situação econômica do Brasil, coloca em risco o desempenho de nossa atividade, comprometendo a tão necessária redução do ainda gigantesco déficit habitacional e postergando ainda mais os investimentos na infraestrutura do País, com imensas carências existentes.

O evento, que contou também com a presença do prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, empresários e demais profissionais do setor, permitiu a troca de informações sobre diversos temas ligados à construção civil. De acordo com Martins, o Brasil vive uma crise diferenciada, que não é de liquidez, mas de confiança. “Vivemos no passado um momento de muita bonança e tenho certeza de que esse período difícil vai passar, mas precisamos estar melhor preparados para essa nova fase”, enfatizou.

Martins ressaltou que Bento Gonçalves é um local privilegiado, em que a crise não chegou fortemente, mas destacou que existem cidades e estados que têm enfrentado momentos bastante difíceis. O presidente da CBIC citou as parcerias público-privadas e concessões como alternativas para a busca de novas oportunidades. “Precisamos trabalhar com a capacidade de investimento privado e, sem dúvida, ter uma gestão mais eficaz”, observou.

Ao fim da palestra, Martins abriu espaço para perguntas e entre os questionamentos estiveram temas como: investimento de capital estrangeiro no país, momento das plataformas petrolíferas, programa de proteção ao emprego, desoneração, recursos do FGTS e programa Minha Casa Minha Vida.

Para Diego Panazzolo, presidente da Ascon Vinhedos, o Meeting mais uma vez cumpriu sua missão de trazer para o evento informações sobre o futuro do setor, auxiliando para a tomada de decisões estratégicas das empresas.

Leia Também

Deixe seu comentário