Licitação de revitalização da Orla do Guaíba tem cinco propostas no RS

A Prefeitura de Porto Alegre recebeu ontem (13/07) cinco propostas para a primeira fase da revitalização da Orla do Guaíba. O projeto contempla os primeiros 1,3 mil metros, entre a Usina do Gasômetro e a Rótula das Cuias.

As cinco propostas foram apresentadas por: consórcio Pelotense/Cidade, consórcio Home/Portonovo, consórcio Orla Mais Alegre (Procon/Sadenco/SH Estruturas Metálicas), consórcio Alberto Couto Alves/ACA e empresa EPC Construções. O prefeito José Fortunati acompanhou o recebimento dos envelopes na Comissão de Licitação.

O edital de licitação para revitalização da Orla do Guaíba havia sido publicado no Diário Oficial de Porto Alegre no dia 3 de junho. Esta é a quarta publicação em busca de uma empresa que será responsável por revitalizar o espaço. Em março, o terceiro edital para a obra terminou deserto, sem empresas interessadas.

O projeto é assinado pelo arquiteto e ex-prefeito de Curitiba Jaime Lerner. A ideia é revitalizar toda a orla, até o extremo da Zona Sul.  Depois de conhecida a empresa vencedora, a previsão é de que a obra seja concluída em um período de 12 a 18 meses. O custo é estimado em R$ 67,8 milhões – anteriormente, o valor girava em torno de R$ 57,4 milhões. Os recursos virão via financiamento da  Corporação Andina de Fomento (CAF).

A intenção de revitalizar a Orla do Guaíba foi anunciada pela Prefeitura de Porto Alegre em 2012. O projeto prevê a construção de bares, quadras poliesportivas, ciclovia e caminhos iluminados com fibra ótica para que o local seja utilizado também durante a noite. (Fonte: G1)

Leia Também

Deixe seu comentário