Vieira apresentou prioridades de seu mandato no Sinduscon-RS

O deputado federal e candidato ao governo do Estado, Vieira da Cunha (PDT),foi palestrante em reunião-almoço promovida pelo Sinduscon-RS no dia 21 de julho.

Procurador de Justiça, ex-vereador da Capital, deputado estadual por três mandatos e deputado federal em segundo mandato, Vieira apresentou aos construtores as prioridades de seu mandato, com destaque a educação. A principal meta é devolver aos 94 CIEPs erguidos durante o Governo Collares o aspecto de escola de tempo integral, conforme a ideia original, implantada por Leonel Brizola e Darcy Ribeiro no Rio de Janeiro.

Outro ponto importante da apresentação de Vieira é a preocupação com a situação das finanças do Estado. Para ele, é urgente a mudança de rumo na gestão, com uma administração extremamente profissional, realista e com controle austero da despesa.

A renegociação da dívida do Estado com a União é outra questão essencial. De acordo com Vieira, se o governo federal continuar insensível aos problemas vividos no Rio Grande do Sul a única alternativa será bater à porta do Judiciário. Só com a reorganização das finanças, o Estado terá recuperada sua capacidade de investimento, e poderá oferecer à população serviços públicos de qualidade, especialmente nas áreas da Educação, Saúde, Segurança e Infraestrutura.

Além do PDT, DEM, PSC, PV e PEN formam a coligação, que tem como candidato a vice o empresário Flávio Gomes (PSC).

Ao término da reunião-almoço, o presidente do Sinduscon-RS, Ricardo Antunes Sessegolo, entregou ao candidato Vieira da Cunha, sugestões para os problemas estruturais e operacionais que comprometem a competitividade do Estado e limitam seu desenvolvimento.

A contribuição contou com a colaboração técnica e institucional das entidades que compõem o Fórum de Infraestrutura da Agenda 2020 e também o Fórum de Infraestrutura das Entidades do Rio Grande do Sul. A citar: SINDUSCON-RS, SERGS, CREA-RS, SENGE, SICEPOT, OAB-RS, SINAENCO-RS, ABES-RS, AGEOS, SINDIBRITAS, COINFRA-FIERGS, CAU-RS, SISECON-RS, E IAB-RS.

 

Leia Também

Deixe seu comentário