José Ivo Sartori defendeu pacto federativo

José Ivo Sartori (PMDB) defendeu que se faça um pacto pelo Rio Grande, recolocando o Estado no caminho do desenvolvimento em todos os níveis durante reunião-almoço realizada no dia 28 de julho na sede do Sinduscon-RS. O candidato da coligação “O Novo Caminho para o Rio Grande” falou ainda sobre a importância do planejamento para uma gestão eficiente dos serviços públicos. Questionado sobre a morosidade nos licenciamentos de projeto junto à Fepam, afirmou que a economia do Estado reagiu amais em função do papel do empreendedor. “Se o estado não pode contribuir que pelo menos não atrapalhe o setor produtivo”, salientou ao enfatizar que em seu governo diminuirá a burocracia na máquina pública.

O candidato ao senado Beto Albuquerque (PSB), também presente no evento, salientou aos construtores trabalhar exaustivamente pelos interesses do Estado. “O papel do senador é praticamente o de um governador, devendo ser a ponte do governo estadual com o federal, ajudando a resolver problemas, a exemplo da dívida do RS. Somos o estado mais endividado do Brasil, devemos 210% de nossa arrecadação anual, e somos o último em capacidade de investir com dinheiro próprio”, justificou.

Compareceu também ao evento o candidato a vice governador José Paulo Cairoli (PSD), ex-presidente da Federasul. A coligação é formada ainda pelos partidos PPS, PTdoB, PSDC, PHS e PSL.

Ao término da reunião-almoço, o presidente do Sinduscon-RS, Ricardo Antunes Sessegolo, entregou ao candidato Vieira da Cunha, sugestões para os problemas estruturais e operacionais que comprometem a competitividade do Estado e limitam seu desenvolvimento.

A contribuição contou com a colaboração técnica e institucional das entidades que compõem o Fórum de Infraestrutura da Agenda 2020 e também o Fórum de Infraestrutura das Entidades do Rio Grande do Sul. A citar: SINDUSCON-RS, SERGS, CREA-RS, SENGE, SICEPOT, OAB-RS, SINAENCO-RS, ABES-RS, AGEOS, SINDIBRITAS, COINFRA-FIERGS, CAU-RS, SISECON-RS, E IAB-RS.

Leia Também

Deixe seu comentário