XV Censo do Mercado Imobiliário

Estão à venda atualmente em Porto Alegre 333 empreendimentos imobiliários, num total de 8.423 unidades novas, representando um crescimento de 28,15% em relação ao ano passado segundo conclusão do 15º Censo do Mercado Imobiliário, elaborado pelo Sinduscon/RS e cujos resultados foram divulgados no dia 4 de setembro de 2012 pelo presidente da entidade, Paulo Vanzetto Garcia, durante entrevista coletiva à imprensa realizada no Hotel Plaza São Rafael.

O aumento do número de imóveis em comercialização na cidade foi devido, em parte, à greve dos técnicos da Prefeitura ocorrida em 2011, que retardou a aprovação dos novos empreendimentos imobiliários, cujas unidades agora estão chegando ao mercado.

Do total de imóveis em oferta, 7.923 são unidades residenciais (7.692 apartamentos, 40 coberturas e 269 casas) e 365 são unidades comerciais. A área total à venda atinge a 761 mil m² contra 712 mil m² há um ano atrás.
O levantamento identificou a liderança da oferta de apartamentos de dois dormitórios bem como o incremento na oferta de imóveis de valor entre R$ 287 mil até R$ 561 mil.

A média de empreendimentos por empresa é de 1,83, a média de imóveis por empreendimento é de 25,29 e a média de imóveis por empresa é de 46,28, o que confirma a pulverização da oferta em um elevado número de pequenas e médias construtoras e incorporadoras.

Por estágio da obra, 50,30% das unidades à venda estavam em obras, 41,81% na planta e 7,88% concluídas. Quanto à fonte dos recursos, 56% são do Sistema Financeiro, 43% de Auto Financiamento e 1% Preço de Custo.
A pesquisa apurou ainda que em 10 bairros estão concentrados 51,68% dos imóveis em oferta. A maior concentração ocorre no Jardim Carvalho, Petrópolis, Sarandi, Jardim Planalto e Hípica, seguidos de Azenha, Agronomia, Cavalhada, Boa Vista e Humaitá.

O Censo vem sendo elaborado desde 1998 com o objetivo de dimensionar a oferta e a demanda de imóveis novos na Capital para subsidiar o processo decisório dos incorporadores e construtores.
Contém mapas de distribuição espacial dos empreendimentos imobiliários, elaborados através da técnica de geoprocessamento das informações.

Síntese do Relatório

Leia Também

Deixe seu comentário