Reunião trata de investimentos prospectados para economia gaúcha

Os investimentos realizados e prospectados na economia do Rio Grande do Sul foram abordados pelo secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), Márcio Biolchi, em reunião-almoço da diretoria do Sinduscon-RS no dia 28 de agosto.  Na oportunidade foi reivindicado o estabelecimento de uma ação visando apoiar a maior participação das construtoras gaúchas na execução das obras resultantes dos novos investimentos atraídos pelo Governo do Estado.

O presidente do Sindicato, Ricardo Sessegolo, destacou que a absorção de uma fatia mais consistente destas obras pelas empresas locais permitiria a retenção no Estado do amplo efeito multiplicador em termos de geração de postos de trabalho, renda e arrecadação tributária.

Sensível à proposta, o secretario sugeriu a constituição de um grupo de trabalho para estudar o tema com a participação da Secretaria e do Sinduscon-RS, tendo em vista o volume de novos investimentos atraídos pelo governo estadual.

Segundo balanço apresentado por Biolchi, desde 2016, eleva-se a 64 o número de empresas que já iniciaram suas operações com investimento de R$ 4,0 bilhões e a geração de 9.933 empregos diretos. Com obras em andamento, encontram-se 49 projetos, num investimento previsto de R$ 4,7 bilhões e a criação de 4.929 empregos. Aguardando pendências, há 119 projetos, cujos investimentos somarão R$ 29,6 bilhões, sendo gerados 12.493 empregos.

Além desses, há previsão de novos investimentos da ordem de R$ 2,0 bilhões decorrentes do projeto de expansão da GM, em Gravataí, e de fornecedores que já confirmaram interesse em se implantar no RS após o anúncio da decisão da montadora.

Leia Também

Deixe seu comentário